quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Recordar



Na manhã cinzenta
recordo o sol
das nossas manhãs,
a entrega sem reservas,
os corpos pertença um do outro,
a imensa paz
que depois nos inundava.



*

9 comentários:

Maria disse...

As tuas palavras colaram-se-me à pele...

Um beijo

Multiolhares disse...

como é bom recordar
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
tacteando
ao sol,
,
amigas conchinhas,
deixo,
,
*

em azul disse...

Quando as recordações não magoam é bom!

Um beijo

~pi disse...

as velvet :)

Baby disse...

Na beleza das palavras, um mundo de recordações...que elas sejam sempre doces e te acompanhem pela vida fora.
Doce beijo.

Multiolhares disse...

deixo um beijinho
de bom fim de semana

Vieira Calado disse...

Simples, mas muito bonito.
Abraço

Brancamar disse...

E como é boa essa paz...
Beijinhos.
Branca