sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Vento



Espuma fresca
ar lavado
o pensamento a voar
como gaivota perdida.
Onde estás?
Nuvens brancas
cheiro a mar
no leve soprar do vento
o brilho azul da paz.


*Out.2002

10 comentários:

Maria disse...

Excelente!

Beijo

un dress disse...

pequeno e denso...

compacto de sentires! :)

multiolhares disse...

Mar
Local divino onde se
Encontra a paz

Beijinhos
luna

Adriana disse...

Apenas divino!!

odilon disse...

Cheguei aqui por meio do blog da Adriana, o Três Marias. E afirmo que me encantei.

A beleza dos versos e o casamento das imagens fazem com a gente não queira mais sair.

Obrigado, pela beleza e pela poesia.

~pi disse...

ondulação



~~

Adriana disse...

TEM PRESENTE PARA VOCE NAS TRES MARIAS.BEIJOS

Brancamar disse...

O mar é isso mesmo, um brilho azul de paz...
Gostei muito do poema e da fotografia.
Beijinhos

Poderoso disse...

simplesmente lindo.passe pelo meu blog

poetaeusou . . . disse...

*
quebrado mar,
aquebrantado,
,
xi
,
*