segunda-feira, 7 de julho de 2008

Momento




Guarda a espuma
o sal
o vento
dentro do peito,
a eternidade de um momento.



*

12 comentários:

~pi disse...

breve: breve:

levíssimo

in s pirar



~

Multiolhares disse...

existem momentos eternos
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
instanta o mar,
guarda,
o marejar das marés,
,
conchinhas
,
*

Otávio disse...

Realmente a imagem traz a nossa mente todas estas sensações.

Beijos.

Fernando Rozano disse...

magnífico poema e imagem igualmente bela, conjugação perfeita e sensível. abraços.

Brancamar disse...

Mas que momento eterno Andorinha!
Falas-me logo ao coração, com espuma, sal e vento não resisto. Roubei-te a imagem do mar, só para guardar, posso?
Vou daqui consolada, depois de ter andado um pouco ausente pela blogosfera, levo as baterias carregadas deste mar...
Beijinhos

Baby disse...

Palavras singelas
belas
Poderosas!
Amei, assim como a imagem do mar.
obrigada pela visita e pelo gentil comentário.
Beijinhos.

Vieira Calado disse...

Porque todos, dizem, viemos do mar e iremos dar ao mar!
Ele é portanto a nossa eternidade.
Bjs

Adriana disse...

Muito lindo!

Carlos Ramos disse...

Conciso, consequente, belo...

Carla disse...

belos momentos para guardar
boa semana
beijos

Sérgio Minhós disse...

É sempre uma surpresa agradável encontrar fotos minhas acompanhadas por outras palavras.

Obrigado!

SM