segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Um dia destes




Um dia destes
ouvirás a minha voz
e não saberás quem fala

um dia destes
com tempo, perceberei
que o nosso tempo terminou

um dia destes
cada palavra tua
terá o sabor da despedida

um dia destes

*

9 comentários:

Duarte disse...

Bons tempos, fiz exames que foram controlados com relógios de areia...

É o único caminho.
Corta e voa.
É titulo dum livro.
É uma realidade.
Se não interessa!
para que seguir?

Creio que começas a ver a luz no fim do túnel.
É certo, tens que ser tu a vê-la.

Estima e consideração num beijo

Carla disse...

um dia destes
as palavras serãomágicas
beijos

mundo azul disse...

...um dia desses, não nos reconheceremos mais! Que pena...



Palavras simples, falando de algo tão profundo que é o vazio do afastamento...


Beijos de luz e o meu carinho!

~pi disse...

ou será outra

nenhuma precisão

de

palavra!? :)




beijo





~

poetaeusou . . . disse...

*
gostei do poema,
um dia destes
volto para te ler novamente,
,
conchinhas,
,
*

Baby disse...

Um dia destes...será um dia triste, a riscar da tua vida.
Mas um dia em que serás livre para construir muitos outros dias para guardar...na tua vida.
beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
um dia destes,
será o dia . . .
,
conchinhas.
.
*

Adriana disse...

...UM DIA DESTES...

Multiolhares disse...

Que um dia destes o teu coração não esteja dorido
beijinhos